Missão – por Afonso

Pascom: O que é ser missionário para você?

Afonso: Ser missionário para mim é simplesmente viver o chamado que Deus nos fez no Batismo. É viver a santidade, a amizade com Deus em todos os lugares. Somos enviados em missão todos os dias no seio familiar, na convivência com nossos amigos, no ambiente de trabalho… No meu caso, estou em missão em Salvador, na Bahia. Mas há pessoas que são chamadas a serem missionárias sem sair de sua casa. Santa Teresinha do Menino Jesus é a padroeira das missões e viveu a vida inteira em clausura. Ou seja, ser missionário é ser santo, é ser amigo de Deus, é fazer a vontade de Deus.

 

Pascom: Como foi o chamado de Deus para a sua missão?

Afonso: Comecei a ouvir a voz de Deus na minha vida a partir do dia 18 de fevereiro de 2012, quando tive uma experiência pessoal com o amor de Deus. Depois desse dia, ardia em meu coração o desejo de corresponder a esse infinito amor. Eu queria dar uma resposta de gratidão. Poucos dias depois, conheci a Comunidade Shalom e comecei pouco a pouco a ser atraído pela Vocação. Tudo me encantava na Comunidade… então em 2013 comecei a trilhar um caminho de discernimento vocacional dentro do Shalom e o meu desejo por Deus só aumentava. No início de 2014, depois de todo um caminho de oração e escuta de Deus, me decidi por pedir ingresso na Comunidade Shalom. Era muito claro pra mim que Deus particularmente me chamava a deixar tudo (família, trabalho, faculdades, amigos, planos, sonhos…) e por outro lado, me abandonar na Sua Vontade. A Comunidade Shalom acolheu o meu pedido de ingresso e desde o dia 25 de abril de 2014 estou em missão em Salvador, Bahia. Todos os dias vivo a experiência que Jesus diz “quem perde a sua vida por mim, me encontrará”.

 

Pascom: Conte como testemunho para nós um momento marcante como missionário que se alegrou e confirmou que está no caminho certo.

Afonso: Estou em missão há apenas 5 meses, mas muitas histórias já tenho para contar! Um dia, passando por um ponto de ônibus, eu e mais duas missionárias fomos evangelizar um grupo de jovens que estavam esperando pelo ônibus… Depois de contar para eles como é maravilhoso pertencer a Deus, pegamos os contatos e saímos… No dia seguinte, uma das jovens que estavam no grupo mandou um what’s app nos dizendo que aquele dia era o aniversário dela e ouvir sobre o amor de Deus foi o melhor presente que ela poderia ter recebido.Também aqui perto do Centro de Evangelização tem algumas escolas e certo dia conheci dois alunos… contei toda a minha história, eles fizerem um lanche na nossa casa e foram embora… alguns dias depois, eles voltaram querendo fazer uma entrevista comigo… logo explicaram, uma professora tinha passado um trabalho sobre os diferentes sotaques do Brasil e eu fui a primeira pessoa que eles pensaram para ajudar no trabalho. Mal sabiam eles que além de mim, tem mais de 20 missionários de todo o Brasil, foi fantástico!Outra história foi com um jovem que veio no Shalom pela primeira vez e participou comigo de um grupo de oração… no final do grupo, o convidei para participar de um retiro de final de semana e ele foi… Quando chegou no retiro, ele me procurou para conversar e logo contou “Afonso, eu também quero ser missionário!”

 

Pascom: Como podemos ser verdadeiros missionários, levar o Evangelho de Cristo a todas as pessoas?

Afonso: Podemos ser verdadeiros missionários buscando sempre fazer a vontade de Deus… como Santa Teresinha do Menino Jesus nos ensina: a perfeição consiste em fazer a Vontade de Deus. Ele tem um chamado para cada um de nós. E isso é belo demais, cada vocação tem um lugar dentro da Igreja, formando assim um grande jardim.É isso… hoje sou feliz por ser missionário da Comunidade Católica Shalom… os primeiros que me incentivaram nesse caminho foram o padre Renato e o padre Julinho, a eles tenho gratidão profunda. Acho que precisaria de 1 mês para tentar escrever quantas graças recebi em minha vida por causa da oferta desses dois padres. Ainda bem que Deus os recompensará no Céu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *